Guilherme Tâmega salva bodyboarders de afogamento em Pipeline

tamegarescue

Guilherme Tâmega salvou um bodyboarder de se afogar no oleoduto Banzai, na costa norte de Oahu, no Havai.

O seis vezes campeão mundial de bodyboard estava na água quando Dylan McGinn caiu em uma clássica haste de oleoduto, desligou-a e bateu com a cabeça no recife.

O brasileiro, que fez ondas ao lado de Tahurai Henry e Jamie O’Brien, percebeu o incidente e imediatamente correu para ajudar. O Tâmega manteve McGinn à tona até a chegada de uma nova ajuda. Ele não tinha pulso quando chegou à margem.

“Eu vi uma subida dupla e o Dylan remava para ela. Era mais fundo e aí eu vi ele remar para ela. Eu vi a onda quebrar e de repente eu vi na área. Guilherme explicou. Tâmega alguns minutos depois.

“Depois da sessão de fotos, o menino estava a caminho de Gums. Remei em direção a ele o mais forte que pude e quando cheguei à prancha, tive que soltar minha mão e agarrar sua camisa para tirá-lo. Já estava roxo. Tentei manter sua cabeça acima da água. Era muito pesado, mas colocamos a prancha macia nele e o arrastamos até a praia. “

Todo o episódio foi gravado por João Ricardo. Dylan McGinn foi levado às pressas para o hospital em estado crítico, mas sobreviveu e se recuperará nas próximas semanas.

Uma série de ondas fortes atingiu a costa norte de Oahu. O incidente ocorreu apenas três meses após Andre Botha nas condições de pico do oleoduto salvou a vida de Evan Geiselman.

Click to rate this post!
[Total: 0 Average: 0]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar neste sítio, está a concordar com a nossa utilização de cookies.