Dave Hubbard conquista o Drop Knee Pipeline Pro da Foam Company

o campeao mundial dave hubbard assina com morey bodyboards

Dave Hubbard: o mestre da queda do joelho

Hubbard venceu ontem o concurso Drop Knee Pipeline Pro da Foam Company no Banzai Pipeline. O evento de um dia ocorreu em alturas de superfície de ondas limpas de 6 a 12 pés.

“Hoje foi perfeito para um joelho caído”, disse Hubbard, 27. “E o nível de competição é muito alto, então você tem que ser o melhor em todas as rodadas.”

No bodyboard caído de joelhos – onde os participantes têm que fazer bodyboard com um joelho – Hubbard mostrou porque é considerado o melhor do mundo.

Ele é o tricampeão reinante do Falling Knee World Tour. No ano passado, ele venceu todas as três competições do torneio.

A competição de ontem marcou a primeira parada na turnê mundial de 2010. “Eu realmente sinto que estou me pressionando”, disse Hubbard. “Tenho sempre a sensação de ter que chegar à final de cada competição”.

Ontem, suas habilidades foram levadas ao limite. Ele ficou para trás na maior parte da rodada de 25 minutos e então assumiu a liderança, cerca de cinco minutos para o final, com uma pontuação de 8,1 (em 10) para uma excelente corrida. Hubbard terminou a corrida com uma pontuação de 15,2 em duas ondas, o que foi suficiente para ultrapassar Kim Feast da Austrália.

“Ele é um piloto competitivo muito bom”, disse Feast of Hubbard. “Talvez seja a genética havaiana. Ela tem essas ondas para aprimorar suas habilidades e hoje foi perfeita.”

Ricky Alvarez de Big Island rodou no início da bateria e terminou em terceiro. Bud Miyamoto de Kaua’i foi o quarto, Sacha Specker da África do Sul foi o quinto e Jacob Pembrook de Kaua’i foi o sexto.

Hubbard recebeu $ 1.500, o que era razoável, pois ele pagou a taxa de depósito de $ 5.000 de sua conta para garantir o concurso. No ano passado, Pipeline não realizou uma competição de joelhos devido à falta de financiamento de patrocínio.

“Eu só queria ter certeza de que teríamos a chance de andar de metrô”, disse Hubbard. Hubbard e seu irmão mais velho Jeff ainda estão lutando pelo Turbo Bodyboards Pipeline Pro, que ainda precisa de um dia de competição.

Stewart tenta surfar novamente

Mike Stewart de Big Island venceu o Pipeline Bodysurfing Classic pela décima segunda vez ontem. A final também ocorreu no oleoduto Banzai.

Stewart venceu o evento pela última vez em 2008. Não aconteceu no ano passado devido a um problema de licenciamento. Chris Kalima terminou em segundo, Mark Cunningham em terceiro, Frederic David em quarto, Craig Watson em quinto e Steve Kapela em sexto.

Click to rate this post!
[Total: 0 Average: 0]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar neste sítio, está a concordar com a nossa utilização de cookies.