Alex Uranga experimenta o poder absoluto das Falésias de Moher

alexuranga12

Quaisquer que sejam seus planos, a Irlanda é sempre um destino de viagem empolgante.

O país do U2, cervejarias famosas, Guinness, Dia de São Patrício, rúgbi, música celta e paisagens deslumbrantes são imperdíveis.

Por 20 anos, o Ondas irlandesas eles também surgiram e entraram nas agendas tradicionais de alguns dos melhores surfistas de ondas grandes do mundo.

A nação tem seus tesouros mais ou menos escondidos, embora ainda existam muitas ondas por descobrir.

O bodyboarder profissional Alex Uranga é um homem de sorte. Durante uma curta viagem a Lahinch, uma pequena cidade do surfe no condado de Clare, o atleta basco causou um grande impacto nas falésias de Moher.

Penhascos de Moher: ventoso, frio e severo

Uranga surfou nas famosas ondas Aileen e Riley.

“O ar puro e o Atlântico selvagem libertam nossos espíritos. Gostei muito de ver como essa onda pode ser perfeita e assustadora”, disse Uranga.

O bodyboarder viajou com o diretor Unai Borda, que ficou impressionado com o que viu e filmou.

“Foi uma experiência diferente, mais fria, com mais vento e mais medo do que estou acostumada, mas valeu a pena”, acrescentou Borda.

“Fomos recebidos calorosamente pelos habitantes locais. Vento e frio, condições difíceis dominaram o lugar, mas a força do oceano nos mostrou alguns belos animais.”

“Corremos longas distâncias, às vezes subindo, colocamos em risco meu equipamento e a mim mesmo mais do que o normal, mas nos divertimos muito.

“Tive a oportunidade de conhecer gente fantástica e um país lindo. Um dia com certeza estarei de volta”, finalizou Borda.

Click to rate this post!
[Total: 0 Average: 0]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar neste sítio, está a concordar com a nossa utilização de cookies.